0
0

O que muda este m?s no mais importante patch de Battlefield 4?

Por Leonardo Teixeira às 11:52h - 24/09/14
0

A DICE, estúdio de Battlefield 4,está para lançar uma atualização de peso para o jogo, que pode ser a maior já feita. O update vai, pela primeira vez desde a abertura dos servidores de teste (ou CTEs) quatro meses atrás, transferir alterações e experimentos realizados no ambiente fechado direto para o jogo em si. É uma boa notícia, visto os elogios da comunidade que participa dos CTEs e a dedicação do escritório da DICE em Los Angeles, que tem investido todo o tempo em pensar em soluções para o game. Mas o que isso vai realmente significar para quem joga? É o que você descobre abaixo.

Fluidez de jogo

A mais importante mudança que a DICE vai introduzir ao jogo pode ser justamente a mais técnica: a introdução de uma maior frequência de atualização como padrão. Trata-se do tickrate, ou a taxa com que os servidores recebem e atualizam toda a informação de uma partida, desde mudança de posicionamento dos soldados até trajetória e impacto de cada bala e o registro de sua direção e dano recebido pelo jogador. Com o jogo capaz de ler e transmitir cada pequeno gesto do jogador de forma mais rápida, há maior precisão no momento a momento do tiroteio.

Esta mudança ajuda não só a fazer tudo parecer um pouco mais fluido, mas também a diminuir problemas gritantes como tiros registrando com atraso, ou dois disparos contando como um (o que criava a sensação de que você havia morrido com um único poderoso disparo). Pequenas mudanças estéticas vão auxiliar também a comunicar melhor o que acontece em batalha: o mostrador visual de dano (aquele em que sua visão fica meio embaçada e tal) vai pipocar de forma mais instantânea, de maneira que não vai nem atrasar, nem ser magicamente sobreposto um no outro (de novo, causando a sensação de one-hit kill). Haverá ainda uma mudança no tempo possível para o dano contabilizar, evitando outros dois casos agravantes: quando você é atingido por um disparo mesmo depois de ter buscado abrigo atrás de uma parede ou o inusitado trade kill, em que jogadores são mortos simultaneamente um pelo outro.

Jogabilidade

Com a atualização, o movimento do soldado vai se igualar ao do Battlefield 3 o que, em grosso modo, significa que a transição entre o caminhar e o correr vai ser mais instantânea. A reação do soldado ao ser atingido vai sofrer uma diminuição: o personagem não vai mais se abaixar ou jogar o corpo para o lado drasticamente, facilitando o sucesso de um segundo tiro consecutivo. Essa animação também não andava de mãos dadas com o que seu oponente vê na tela dele, e, vale sempre lembrar: o disparo de verdade em Battlefield 4 não sai do cano da sua arma, mas de um ponto no centro da sua cabeça. Com tudo isso, então, pode haver casos no BF4 atualmente em que um inimigo alvejado que esteja atrás de uma caixa com o peito protegido, por exemplo, pode te atirar sem que você o veja.

Mudanças exportadas dos servidores de testes também incluem ícones transparentes que podem despoluir um pouco sua visão e um novo mostrador para que uma pessoa equipada com desfibrilador possa saber quanto tempo um colega ainda tem para ser ressuscitado. Quem gosta de brincar de médico ainda tem mais uma mudança a caminho: o item de cura passará a ter uma dica sonora quando estiver completamente carregado.

Armas

Por enquanto contamos com informações um pouco mais generalizadas do que se desejaria, mas vamos lá. Num geral, todas as armas do jogo estão mais fracas, e cada disparo tem agora um ponto de dano a menos. Pode parecer algo nada radical se você considera jogo de tiro ao pé da letra, mas se você já tem experiência em Call of Duty e Battlefield, sabe que o dano de uma bala não é o mais importante: a questão é tempo de abate, um atributo que depende de mais fatores do que o simples poder de um só projétil. E é isso que eles querem mexer em BF4: com um ponto de dano a menos por disparo, muitas armas vão passar a exigir um quarto ou quinto tiro para derrubar um oponente, aumentando efetivamente o tempo de abate global e criando batalhas com maior duração. É um baita ajuste.

Para quem gosta de bancar o Dirty Harry e usar e abusar dos revólveres do game, há também uma excelente notícia: o atraso entre apertar o gatilho e o tiro em si vai ser completamente eliminado. E por falar em modalidades de armas, as que tiverem uma taxa de fogo menor sofrerão ajustes para funcionar melhor como opções de longa distância, tendo assim papéis mais diferentes de metralhadoras supervelozes.

A retícula de todas as armas também vai sofrer mudança, e passará a se mover de dentro do visor de forma a compensar o coice visual da arma quando disparada. Assim, mesmo com uma metralhadora equipada, vai ser mais fácil ler e entender onde seu disparo vai pousar - o ícone vai até ganhar uma nova cor para se destacar melhor em situações de muita luz.

Por último, mas não menos importante, o barulho das DMRs vai ser "melhorado". Esperamos que isso signifique o fim de toda aquele "PFFF-PFFF!" que assombra todo raio de partida!

Seja como for, o estúdio está atualmente em etapa de autentificação do conteúdo, e esperamos que o patch chegue ainda este mês.

0 COMENTÁRIOS
  • Entrevista: falando de sexo em The Witcher 3
  • A lista n?o-?bvia das 5 melhores experi?ncias em games de 2014
  • Gameplay: Far Cry 4 - A revolu??o dos bichos
  • Aika e as novidades para o fim de 2014
  • Gameplay: LittleBigPlanet 3 - do Titanic ? Ishimura
  • Gameplay: Dragon Age: Inquisition - a caverna do drag?o
  • Se libertando dos cabos: o Mito do Wi-Fi
  • Pol?tica de review
  • PRELOAD: Far Cry 4
  • PRELOAD: Dragon Age: Inquisition
  • Guilty Gear Xrd Sign: Blietzkrieg
    9
  • Far Cry 4: deuses e dem?nios
    8
  • Call of Duty: Advanced Warfare: admir?vel mundo novo
    8
  • Forza Horizon 2: Joyride
    7 .5
  • Assassin's Creed: Rogue: a ordem das respostas n?o dadas
    6 .5
  • Alien: Isolation: cadeia alimentar
    7 .5
  • Lords of The Fallen: que continue a tortura
    7 .5
  • The Evil Within: terapia de choque
    8
  • Driveclub: passeio surdo-mudo
    7 .5
  • Naruto Shippuden: UNS Revolution: abra?o de afogado
    5