1
Hyper X Cloud: lanche ? lanche
Por Felipe Santana Felix às 15:10h - 02/09/14

Introdução

Guardo em meu coração um lugar muito especial para qualquer tipo de periférico com valor até 100 dólares. Parte disso se vale pelo carinho que tenho ao meu bolso, meu suor e meu trabalho. A outra parte vem da paixão em jogar games com uma experiência no mínimo digna.

Até o momento meu campeão de baixo custo era de longe o Kraken Pro, da Razer, mas o primeiro headset lançado pela marca da Kingston, HyperX, me chamou muito a atenção por sua qualidade acima de média, sua construção compacta e o charme na costumização - há um microfone destacável e um par extra de copos auriculares. Continuo gostando do meu pequeno monstrinho da Razer, mas agora ele tem um adversário a altura. Talvez até melhor.

P?o com ovo

Quando comecei a cozinhar minha especializade era pão francês com ovo. Poucas coisas são tão deliciosas e simples de fazer como um belo pão na chapa com um ovo em disco no meio. A comparação pode soar estranha, mas a sensação de utilizar o Cloud foi bem similar a de comer essa iguaria básica. O Headset é simples, gostoso, macio e não cai pesado. Para aqueles que gostam de um bom equilibrio entre desempenho, valor e beleza ele é com certeza um dos equipamentos a se considerar.

Seu desenho é compacto e curvilínio. Sem fazer nenhum ajuste na cinta da cabeça os dois copos auriculares se encostam perfeitamente, e assim como um pão, é possível levar o equipamento para qualquer lugar com apenas uma mão. O cabo dos conectores é longo o suficiente para cumprir seu papel sem contribuir para a bagunça e o que me pareceu atenção exagerada acabou me conquistando. O microfone - como já citado - é destacável e as espumas dos pavilhões auriculares podem ser trocadas, assim o usuário pode optar pelo courino ou trocar pelas espumas de tecido, similares a camurça. Poder destacar o microfone também é algo muito bom, evita olhares estranhos na rua e facilita muito a vida de quem tem um relacionamento sério com seu headset e deseja amar ele em qualquer lugar, com qualquer equipamento.

O Cloud também acompanha porção de adaptadores para uso em celulares, tablets e até mesmo poltronas de avião. Detalhe obrigatório, o equipamento também possui uma estação para controle de áudio.

Gula ? pecado

Sim, o Cloud é uma das melhores complementações a qualquer tipo de dieta que envolva games, seja ela na busca por itens em raids, nas aventuras em jogos indies ou no caminho para sair do elo hell. Como mencionado, os ingredientes que acompanham o equipamento fazem dele pau pra toda obra, mas não há como comparar o equipamento a outros de preço similar com surround emulado.

No mercado atual existem certos "headsets gamers" com emulação 5.1 de valor próximo a 400 reais, mesmo preço do Cloud. Trocar headsets de entrada como o da HyperX por estes ditos surround é uma das piores decisões que um comprador pode fazer. Estes equipamentos ocupam um espaço enorme com estação de controle, fios enormes e uma construção exageradamente grande e pouco manipulavel. Dificilmente você poderá tirar ele de casa e utilizar em outras plataformas além do computador.

No geral o conselho é o de não trocar o básico pelo complexo, seu pão com ovo por um pedaço de lasanha. Inicialmente, a ideia parece boa - gastar o mesmo por algo aparentemente mais satisfatório - mas no geral a coisa não vai acontecer dessa forma e você pode se arrepender da pechincha.

Como mencionado, os ingredientes que acompanham o equipamento fazem dele pau pra toda obra, entretanto, n?o h? como comparar o equipamento a outros de pre?o similar com surround emulado.

Veredicto

A simplicidade do Cloud é tão incomum em periféricos voltados ao público de games que ao primeiro olhar ele não chama nenhuma atenção. Com contornos de design arredondados por todos os cantos e largura de peças fora do padrão exageradamente gamer, o Cloud é um headset que pode ser basicamente o que o dono desejar. Em nenhum momento a HyperX parece tê-lo desenvolvido apenas para jogar. Com um bom equilibrio entre graves e agudos, um design minimalista e um microfone destacável, o equipamento parece muito bom para qualquer coisa, fora ou dentro de casa. É justamente isso, aliado a um preço com sal a gosto que faz do primeiro headset da marca uma das compras mais seguras.

No Brasil o equipamento custa cerca de R$ 399, nos Estados Unidos da América algo em torno de 99 dólares. Tanto aqui quando lá o valor é acessivel, mas, colocando na ponta do lapis, pedir ao seu amigo, amiga, ou conhecido, o favor de trazer um destes na mala ainda vale a economia de alguns reais.

*Não deixe de ler nossa política de review

8 .5
PONTOS FORTES
  • Melhor custo beneficio do mercado
  • Compatibilidade com v?rias plataformas
  • Desempenho e customiza??o acima da m?dia
PONTOS FRACOS
  • Nenhum elemento do perif?rico ? brilhante